Inicio Animação TOP 5: MEUS 5 FILMES FAVORITOS DA PIXAR

TOP 5: MEUS 5 FILMES FAVORITOS DA PIXAR

Como escolher apenas cinco?

311
0
COMPARTILHE

pixar-movies

A animação é um universo mágico, e um dos maiores estúdios que consegue brincar com toda essa magia é sem dúvida a Pixar. Desde do lançamento de Toy Story em 1995, a Pixar vem colecionando fãs e prêmios, mexendo com imaginário popular e criando histórias e personagens que mexem com público. Então, com o lançamento de Procurando Dory nesta quinta-feira, resolvi fazer uma lista dos meus filmes favoritos da Pixar.

Lembrando que essa lista é pessoal, e ela não define realmente quais são os mais populares ou os mais premiados filmes do estúdio.

Divertida Mente (2015)

INSIDE OUT

Depois de um período pouco criativo com Carros 2, Valente, e Universidade Monstros (tudo bem, Valente é um bom filme) a Pixar em 2015 volta ao auge com Divertida Mente.  O filme conta a história de Riley, uma garota que se muda para São Francisco, por causa do novo emprego do pai. Dentro do cérebro de Riley, existe um painel de controle controlado pelas emoções Alegria, Tristeza, Nojo, Raiva e Medo. A líder, Alegria, sempre tenta deixar Riley feliz, porém, após uma confusão na sala de controle, Alegria e Tristeza são expelidas para fora do local e precisam voltar para trazer o equilíbrio emocional a Riley.

Porque ele é um dos meus favoritos: O filme é uma grande aula de psicologia contada com a simplicidade e a magia que só um estúdio como a Pixar conseguiria fazer. A forma que a história consegue equilibrar o mundo externo e interno da Riley é genial. Além do mais, o grande vilão da história não é alguém que tem um objetivo obscuro. O grande vilão é invisível, mas que é presente em nossas vidas: a depressão.

Toy Story 3 (2010)
toy-story-3

Em Toy Story 3, Andy estar indo para faculdade. Ele separa algumas coisas que vão para lixo e outras que vão para o sótão, entre eles, os seus brinquedos. Mas uma confusão da Mãe de Andy quase leva os bonecos para lixo, porém, eles são salvos por Woody. O grupo escapa, mas ficam desiludidos ao pensarem ue se dono os havia colocado no lixo e vão para o carro da Mãe de Andy, que acaba levando os brinquedos a uma creche. Lá, inúmeros brinquedos estão com crianças que estão dispostas a brincar com eles, mas nem tudo é o que parece e eles começam um elaborado plano de fuga.

Porque ele é um dos meus favoritos: Toy Story 3 conseguiu trazer toda magia de volta como se nós estivéssemos revendo grandes amigos. Nós envelhecemos junto com Andy, e quando revemos Woddy e Buzz, lembramos da nossa infância. Na cena em quase todos foram incinerados e na despedida de Andy brincando pela última vez com os bonecos, eu me emocionei.

Os Incríveis (2004)        

incredibles_0

Depois de ser processado por homem que queria se suicidar, o Sr. Incrível é proibido, como os demais heróis, de atuar como super-herói. Anos depois, tendo uma vida pacata, Roberto Perâ (O senhor incrível) segue vivendo ao lado de sua família (que também tem superpoderes). Ele nunca conseguiu se adaptar a vida normal, sempre querendo voltar ao tempo de glórias, ele recebe um estranho convite para uma missão secreta em uma ilha remota que pode ajudá-lo a ser o Sr. Incrível mais uma vez.

Porque ele é um dos meus favoritos: Antes do BOOM dos quadrinhos no cinema, Os Incríveis foi uma grande homenagem e sátira dos Heróis no cinema. Em um mundo em que os heróis são mal vistos, o filme brinca com a ideia de como seria a vida cotidiana de um herói, com personagens carismáticos que desmistificam o que pensamos sobre a vida fantástica que todos achamos que eles têm. Eu juro que sai do cinema desejando uma continuação. “Nada de capas!”

Wall-E (2008)

walle-640x360

Em uma terra completamente poluída, a humanidade deixou o planeta e passou a viver em uma gigantesca nave. O plano era que alguns robôs limpassem o planeta, para futuramente a humanidade voltar e povoa-la. Wall-E é o último desses robôs que está na terra para limpa-la e vive sozinho, colecionando sucata e interagindo com Spot, sua amiga barata. Um dia, um super robô chamado EVA, que chega na Terra para procurar por sinais de vida. Apesar de surpreso e amedrontado, Wall-E se apaixona por Eva.

Porque ele é um dos meus favoritos: Wall-E é um dos meus filmes favoritos do estúdio. A interação de Wall-E e EVA sem nenhuma fala por todo primeiro ato consegue humanizar os robôs apenas por ações, o que é uma decisão genial e corajosa do longa, por que nos vemos naqueles pequenos robôs nas formas mais sutis. Além do filme ser visualmente espetacular, há uma grande crítica social no filme sobre como o ser humano destrói os recursos naturais e sobre como somos acomodados.

Monstros S.A (2001)

monsters-inc

Uma empresa chamada Monstros S.A sustenta a cidade de Monstrópolis com a energia gerada pelos sustos das crianças. A melhor dupla de monstros, James P. Sullivan e Mike Wazowshi, em mais um dia de trabalho, acaba trazendo acidentalmente uma criança para os mundos dos Monstros, a garota Boo.

Porque ele é um dos meus favoritos: “2319, Nós temos um 2319!” . Monstros S.A é um excelente filme que brinca com o mito dos monstros debaixo de nossas camas ou escondidos nos nossos armários. Uma empresa que sustenta a energia da cidade com o susto das crianças, mas no final de tudo, os monstros nada mais são do que amigos dóceis. Aposto que você queria virar amigo do Mike e do Sully (Gatinho) e cuidar da Boo.

Concorda com a lista? Qual é o seu filme favorito da Pixar?

 

Anuncie no Cinemaginando
Anuncie no Cinemaginando
Anuncie no Cinemaginando