Inicio Gênero Ação TOP 10: HEROÍNAS QUE QUEREMOS VER NAS TELONAS NO FUTURO

TOP 10: HEROÍNAS QUE QUEREMOS VER NAS TELONAS NO FUTURO

Quando Hollywood dará uma chance a essas personagens?

360
0
COMPARTILHE

8 de março! Dia da mulher. Com a crescente popularidade de filmes de ação estrelados por mulheres, principalmente após o estrondoso sucesso de Mulher-Maravilha, estúdios começam a preparar o terreno para novas franquias, especialmente no gênero dos super-heróis. Com a DC destruindo a “maldição” de filmes de heroínas, outros estúdios correm para desenvolver sua resposta à Princesa Amazona. Marvel já começou os preparativos para Capitã Marvel e prepara um filme solo da Viúva Negra.

Que outras heroínas famosas podemos ver ganhar as telonas no futuro? Com isso em mente, montei uma lista das dez heroínas que acho que merecem uma chance nos cinemas. Esse Top 10 incluirá apenas personagens que ainda não tem um filme em produção (como a Capitã Marvel e Vespa) e abordará personagens que nunca apareceram nos cinemas, tiveram versões fracassadas no futuro ou que possuem um projeto para os cinemas no limbo.

Vamos começar com…

10- Mulher-Aranha

Várias personagens já usaram esse codinome, mas vamos nos concentrar em sua versão mais conhecida: Jessica Drew. Ela cresceu na fictícia Transia, ao lado de seus pais. No entanto, a longa exposição à radiação que assolava o lugar deixou Jessica doente. Seu pai, um geneticista, criou um soro regenerativo a partir do DNA de aranhas, mas não parecia funcionar rápido o bastante. Ele então a leva até o Alto Evolucionário, considerado o maior geneticista do Universo Marvel, que a coloca numa câmara de aceleração genética que a deixa em estase por décadas, retardando seu envelhecimento. Ela acorda com poderes, assustada, ressentida e sem lembranças de seu passado. Ela é recrutada por um agente da HIDRA, que a ensina a usar seus poderes e a transforma em uma assassina perfeita. Mas ao descobrir as verdadeiras intenções da organização, ela se rebela e se torna a Mulher-Aranha. Ela já se aliou à SHIELD e foi membro dos Novos Vingadores.

9- Vixen

Mari Jiwe McCabe cresceu em uma pequena vila da nação fictícia de M´Changa, onde cresceu ouvindo histórias sobre o totem de Tantu, um artefato que daria a quem o usasse todos os poderes do reino animal, contanto que fossem usados para o bem. Quando seu tio, o General Maksai, mata o pai de Mari para conseguir o totem, ela se muda para Nova York, onde se torna uma modelo bem-sucedida. Anos depois, ela retorna à África, reencontra seu tio e recupera o totem de Tantu, passando a ser conhecida como a heroína Vixen. A personagem foi apresentada nas telinhas na série Arrow, que trouxe Megalyn Echikunwoke como Mari McCabe. A heroína chegou a ganhar uma série animada dublada pela mesma atriz, mas que acabou cancelada após uma temporada. Atualmente, ela pode ser vista em DC’s Legends of Tomorrow, que traz Maisie Richardson-Sellers como Amaya Jiwe, uma ancestral de Mari e versão anterior da Vixen.

8- Estelar

Também conhecida como Koriand’r, Estelar é uma princesa alienígena do planeta Tamaran que é vendida como escrava depois que sua irmã trai o planeta e vende seus segredos aos inimigos da Cidadela. A heroína consegue escapar em uma nave, mas é abatida ao chegar à Terra, onde guerreiros da Cidadela se preparam para recapturá-la. No entanto, ela acaba sendo salva pelo Robin, por quem se apaixonou. Ela decide permanecer no planeta e se torna a heroína Estelar. Ela tem a habilidade de absorver energia solar e transformar essa energia, o que lhe da a capacidade de voo, super-força e lhe permite emitir poderosas rajadas de energia. A personagem fará sua estreia na forma live-action na série Titans, onde será interpretada por Anna Diop (da série 24 Horas: Legacy).

7- Zatanna

Filha de um mago e descendente do alquimista Nicholas Flamel e Nostradamus, Zatanna trabalhava como ilusionista de palco até descobrir que tinha poderes mágicos de verdade. Assim como seu pai, ela pertence a uma espécie diferente de humanos, os Homo magi, que são poderosos feiticeiros. Ela então usa suas habilidades para investigar o desaparecimento de seu pai. Essa saga a colocou diante de heróis como Batman, Robin, Lanterna Verde, Eléktron e Homem Borracha. Segundo o próprio Arqueiro Verde, Zatanna é o membro mais poderoso da Liga da Justiça. Ela já foi apresentada em versão live-action na série Smallville, onde foi interpretada por Serinda Swan (da série Inumanos). Atualmente, a Warner trabalha em um filme da Liga da Justiça Sombria, da qual a heroína faz parte, mas o longa continua no limbo.

6- Miss Marvel

Essa é a mais nova heroína da lista e uma das mais bem-sucedidas da nova geração de heróis dos quadrinhos da Marvel. Kamala Khan é uma adolescente Paquistanesa Americana que idolatra super-heróis, especialmente Carol Danvers, a Capitã Marvel. Após ser humilhada em uma festa, Kamala é subitamente envolvida por uma Névoa Terrígena enquanto caminhava para casa. Por ter o gene Inumano, a jovem acorda como uma polimorfa, capaz de alterar as células de seu corpo da forma que quiser. Graças a essa habilidade, ela pode crescer, encolher, se esticar e até mesmo se transformar em qualquer pessoa. Ela chegou a assumir a forma da Capitã Marvel, para se sentir como sua heroína, no entanto, ao salvar a vida de sua colega Zoe, ela se sentiu feliz e decidiu que apenas imitar a Capitã Marvel não era o bastante. Em homenagem à sua heroína favorita, ela assume a identidade de Miss Marvel e se torna a protetora de Jersey City.

5- Mulher-Gavião

Ao longo das décadas, as origens da personagem foram bastante alteradas, mas assim como casos anteriores, vamos nos ater à versão mais conhecida. Kendra Saunders é uma reencarnação da princesa Chay-Ara que, graças ao Metal enésimo, criou um vínculo mágico com o príncipe Khufu. Apesar de terem sido assassinados pelo sarcedote Hath-Set, Chay-Ara e Khufu passaram a se reencontrar e se apaixonar em suas próximas reencarnações. Durante os anos 40, Chay-Ara (agora Shiera Saunders) e Khufu (agora Carter Hall) tornaram-se os herpois Mulher-Gavião e Gavião Negro, lutando ao lado da Sociedade da Justiça. Passando para a época atual, Kendra Saunders, sobrinha-neta de Shiera Sanders, comete suicídio e tem seu corpo habitado por Shiera, que lhe passa suas memórias. Ao reencontrar Carter Hall ela rejeita o passado e o elo entre os dois, algo que nunca havia acontecido antes. Ela se torna a nova Mulher-Gavião, mas acaba sendo morta durante o arco Noite Mais Densa. Ao ser ressuscitada pela Luz Branca da Criação, ela volta a ser Shiera e se reúne com seu amado Carter Hall. A personagem foi interpretada por Sahar Biniaz na série Smallville e depois por Ciara Renée na série DC’s Legends of Tomorrow.

4- Canário Negro

Após o arco Crise nas Infinitas Terras, passamos a acompanhar duas versões da heroína, Dinah Drake Lance – uma das fundadoras da Sociedade da Justiça e membro da Liga da Justiça – e sua filha Dinah Laurel Lance, que cresceu idolatrando a mãe e herdou o manto de Canário Negro. A personagem é parceira e esposa do Arqueiro Verde, uma exímia artista marcial, uma experiente investigadora e possui um grito supersônico que ficou conhecido como Grito do Canário. Diferente de sua mãe, o poder de Laurel é oriundo de um meta-gene herdado por Dinah, que foi exposta a energias místicas em seus dias como heroína. Além de ser membro da Liga, a Canário Negro também é conhecida por sua aliança com o grupo Aves de Rapina, formado inteiramente por mulheres e liderado pela Oráculo, a ex-Batgirl Barbara Gordon. A heroína já foi vista na série Aves de Rapina (cancelada após uma temporada) e Smallville. Atualmente, ela é personagem regular na série Arrow.

3- She-Hulk

Jennifer Walters é prima de Bruce Banner e cresceu mantendo uma relação próxima com seu primo. Mas quando ele passou a trabalhar para o governo por conta de seus experimentos com Raio Gama, os dois se distanciaram, só se reencontrando anos depois que Bruce se tornou o Hulk. Jennifer cresceu e se tornou advogada em Los Angeles, mas ao ser vítima de uma tentativa de assassinato, Bruce – sabendo que os dois tinham o mesmo tipo sanguíneo – improvisa uma transfusão para salvá-la. No entanto, o sangue de Banner não só a cura, como a transforma na heroína She-Hulk. Diferente de seu primo, She-Hulk mantem seu intelecto enquanto está transformada, e muitas vezes chegou a ir ao tribunal como advogada em sua forma verde. Deadpool pode ser conhecido por quebrar a quarta parede, mas She-Hulk o fez bem antes, em 1989. Ela também lidera o A-Force, grupo formado exclusivamente por heroínas. A personagem quase ganhou uma versão em live-action nos anos 80 em um filme para TV do Incrível Hulk. É possível encontrar fotos de Brigitte Nielson caracterizada como a heroína. No entanto, o projeto não levado adiante devido à falta de fundos. Não seria incrível ver Bruce Banner e sua prima esmagando tudo nas telonas?

2- Batgirl

Várias pessoas já usaram o manto da Batgirl, mas a versão mais conhecida é a filha do Comissário Gordon, Barbara Gordon. Assim como o homem-morcego, ela é uma hábil artista marcial e uma grande detetive, mas também é uma hacker experiente e tem uma memória fotográfica. Após o arco A Piada Mortal, onde Barbara fica paraplégica após ser baleada pelo Coringa, ela assume o codinome Oráculo, e passa a auxiliar outros heróis. A personagem era figura frequente na série do Batman nos anos 60, onde foi interpretada por Yvonne Craig, mas sua única aparição nas telonas foi no infame Batman & Robin, onde foi vivida por Alicia Silverstone. Um filme da heroína já está sendo produzido, e até há pouco tempo, seria escrito e dirigido por Joss Whedon (Os Vingadores). Porém, após Whedon deixar o projeto, a Warner busca uma mulher para a direção do longa, que não tem previsão de lançamento.

1- Supergirl

Kara Zor-El – ao menos a versão que conhecemos – surgiu em 1959. Ela é prima do Superman e, assim como ele, sobreviveu à destruição do planeta Krypton e foi parar na Terra. Assim como seu primo, ela é uma das heroínas mais poderosas do planeta e possui a mesma base de poderes que ele. A personagem tem uma série bem-sucedida atualmente, mas nunca pôde brilhar nas telonas. A heroína chegou a ganhar seu próprio filme em 1984 estrelado por Helen Slater, mas o longa foi um fracasso tão colossal que é até hoje considerado um dos piores filmes de super-heróis já feitos. O filme O Homem de Aço até dá uma deixa para a entrada de Kara Zor-El no universo DC. Quando Clark Kent descobre a nave kryptoniana, podemos ver que todos os tripulantes estão mortos em suas cápsulas, mas uma delas está aberta e vazia. Onde está você, Supergirl?

 

Que outras heroínas você gostaria de ver nos cinemas? Deixe nos comentários.

Anuncie no Cinemaginando
Anuncie no Cinemaginando
Anuncie no Cinemaginando