Inicio Destaque OSCAR 2020: DEZ FILMES PARA FICAR DE OLHO

OSCAR 2020: DEZ FILMES PARA FICAR DE OLHO

Vamos de palhaços assassinos a Hitlers imaginários!

54
0
COMPARTILHE

Ainda faltam alguns meses para a premiação do Oscar, mas ao final de cada ano já começamos a identificar alguns filmes que pode figurar entre os indicados. Continuando minha tradição anual, vou compartlhar com vocês minha lista de dez filmes que acredito que terão grandes chances de figurar na lista de indicados do Oscar 2020.

Alguns desses filmes já foram lançados e possuem crítica aqui no site. No entanto, grande parte da lista contem filmes que ainda não foram lançados nos cinemas. Escolhi-os com base em sua recepção entre os críticos e desempenho em premiações recentes. Se você acredita que há outro filme que merecia um lugar nessa lista, deixe nos comentários.

Entre Facas e Segredos (estreia: 28/11)

Rian Johnson pode ter criado alguns inimigos com algumas de suas decisões em Star Wars – Os Últimos Jedi, mas não há como negar seu talento. Seu mais novo filme, o thriller Entre Facas e Segredos, acompanha um detetive que investiga a misteriosa morte de um famoso escritor e que desconfia que o assassino é alguém da família. Não bastasse o roteiro e direção de Johnson, o longa conta com um elenco grandioso encabeçado por Daniel Craig, Chris Evans, Jamie Lee Curtis, Toni Collette e mais. O filme atualmente está com incríveis 99% de aprovação no Rotten Tomatoes (até a publicação dessa matéria) e se mostra um concorrente de respeito.

História de um Casamento (estreia: 06/12)

Depois de vencer o Oscar desse ano com Roma, a Netflix deve entrar com tudo em 2020, e esse filme é uma de suas maiores apostas. Atualmente com 100% de aprovação no Rotten Tomatoes (até a publicação dessa matéria), críticos chamam esse de o melhor filme da carreira do diretor e roteirista Noah Baumbach (A Lula e a Baleia), que está cotado como um forte candidato. Adam Driver pode conseguir sua segunda indicação e Scarlett Johansson pode enfim receber sua primeira. A performance da atriz vem sendo aclamada como a melhor de sua carreira.

O Irlandês (estreia: 26/11)

E continuando na lista de grandes apostas da Netflix para a temporada de premiações, temos agora o seu peso-pesado. O diretor Martin Scorsese volta a trabalhar com Robert DeNiro e mergulha mais uma vez no mundo dos gangsteres com O Irlandês. Além de ter um elenco recheado de grandes nomes, o longa marcará a primeira vez que Scorsese faz uso da já popular tecnologia de rejuvenescimento, dando-nos um DeNiro décadas mais jovem. Atualmente, o filme possui 100% de aprovação no Rotten Tomatoes e críticos já estão declarando o filme uma inclusão óbvia para o Oscar.

Coringa (estreia: 03/10)

Apesar da Marvel estar apostando pesado em uma campanha para Vingadores – Ultimato no Oscar, a grande promessa do gênero dos quadrinhos para as premiações é Coringa. Depois de ser ovacionado após sua exibição no Festival de Veneza, Joaquin Phoenix já é cotado como um peso-pesado na categoria de Melhor Ator. Ainda que as polêmicas ao redor do filme tenham crescido, o longa ainda é visto como um possível candidato nas categorias principais.

O Relatório (estreia: sem previsão)

O filme que marca a estreia na direção do roteirista Scott Z. Burns (O Ultimato Bourne) vem chamando a atenção dos críticos desde sua primeira exibição no Festival de Sundance. Depois de uma ferrenha disputa com outras distribuidoras, a Amazon comprou os direitos do filme, que acompanha um investigador do Congresso que tenta chegar ao fundo do programa de tortura do governo Bush. Adam Driver chega forte em 2020 com outra possível indicação ao Oscar. Além dele, Annette Bening também surge como uma concorrente na categoria Melhor Atriz Coadjuvante.

Ford Vs Ferrari (estreia: 14/11)

Filmes baseados em histórias reais costumam sempre figurar no Oscar. O caso da vez é Ford Vs Ferrari, que acompanha uma equipe de engenheiros da Ford que é desafiada a criar um carro mais veloz que o de sua concorrente, a Ferrari, e vencer o campeonato mundial Le Mans de 1966. O longa é dirigido por James Mangold (Logan) e é estrelado pelos peso-pesados Matt Damon e Christian Bale. Apesar de rasgar elogios aos protagonistas e ao trabalho de Mangold atrás das câmeras, críticos não consideram o filme um concorrente muito forte nas categorias principais.

Era uma Vez em Hollywood (estreia: 15/08)

Quentin Tarantino costuma ser um queridinho da temporada de premiações, e seu novo filme não está de fora. O longa acompanha um fracassado ator de faroestes e seu dublê em uma Hollywood em fase de transição. Ao mesmo tempo acompanhamos sua vizinha, a falecida atriz Sharon Tate alguns meses antes de seu assassinato. Além de ser um possível concorrente nas categorias Direção e Roteiro Original, Era uma Vez em Hollywood pode render mais uma indicação aos atores Leonardo DiCaprio e Brad Pitt, que roubaram a cena.

O Escândalo (estreia: 30/01)

Advindo da era do #MeToo, O Escândalo promete explorar um dos casos mais famosos a serem revelados nos últimos anos. O filme acompanha mulheres que trabalharam para a Fox News e sua convivência com Roger Ailes, fundador da Fox News, que foi acusado por múltiplas funcionárias de assédio sexual. O filme conta com um elenco grandioso que promete nas categorias de atuação, trazendo Nicole Kidman, Charlize Theron, Margot Robbie, Allison Janney e John Lithgow. O roteiro é do vencedor do Oscar Charles Randolph (A Grande Aposta) e a direção é de Jay Roach, outro diretor de comédias que vem se revelando um grande talento em dramas.

1917 (estreia: fevereiro de 2020)

Tal qual Christopher Nolan fez com Dunkirk, o diretor Sam Mendes (007 – Operação Skyfall) pretende utilizar técnicas modernas para recriar outro tenso momento de guerra. O filme acompanha dois soldados durante a Primeira Guerra que tentam desesperadamente entregar uma mensagem que salvará milhares de vidas. O longa, que tem como diretor de fotografia o lendário Roger Deakins (Blade Runner 2049), foi filmado como um enorme plano-sequência, tal qual Birdman. Com nomes de calibre atrás das câmeras como Mendes e Deakins, pode-se esperar diversas indicações técnicas e possivelmente algumas nas categorias principais.

Jojo Rabbit (estreia: 06/02)

Depois de revitalizar o Deus do Trovão em Thor – Ragnarok, o ator e diretor Taika Waititi volta ao gênero da comédia satírica com Jojo Rabbit, onde também interpreta um Hitler imaginário. O Oscar não costuma ser muito generoso quando se trata de comédias, mas o filme acabou sendo elevado a um possível concorrente após vencer o Festival de Toronto. Por diversas vezes, os vencedores do festival não apenas conseguiram uma indicação ao Oscar, como algumas vezes levaram a estatueta. Será esse o caso de Jojo Rabbit?

MENÇÃO HONROSA

The Farewell (estreia: sem previsão)

Assim como falamos em Jojo Rabbit, o Oscar não costuma dar muita atenção à comédias. No entanto, The Farewell, estrelado por Awkwafina (Podres de Rico) vem se mostrado um dos filmes mais elogiados do ano, com 99% de aprovação no Rotten Tomatoes. A trama acompanha uma família chinesa nos EUA que descobre que sua matriarca (que não fala inglês) tem apenas algumas semanas de vida. Eles então decidem esconder a verdade, reunir a família e criar vários momentos felizes para ela antes de seu falecimento. A diretora Lulu Wang vem sendo muito elogiada por seu trabalho na direção e roteiro, tornando-se uma possível canditada nas categorias.

Anuncie no Cinemaginando
Anuncie no Cinemaginando
Anuncie no Cinemaginando