Inicio Destaque ESPECIAL: OS CINCO MELHORES E PIORES PROFESSORES DO CINEMA

ESPECIAL: OS CINCO MELHORES E PIORES PROFESSORES DO CINEMA

Aprender pode ser muito bom, mas também pode ser bem ruim.

460
0
COMPARTILHE

professores

Quinze de outubro. Dia do professor. Seja na escola, faculdade ou em qualquer cursos que façamos ao longo de nossa vida, essa figura está sempre presente em nossas vidas e pode nos marcar bastante, para o bem ou para o mal. Para celebrar essa data, resolvi criar uma lista com os cinco melhores e piores professores do cinema. Eis os critérios que usei para montar esse ranking:

1º – Apenas professores. Diretores ou reitores não foram incluídos.

2º – O personagem precisa ter atuado como professor ao longo do filme.

Vamos à lista começando com os….

 

PIORES

5 – Elizabeth Halsey (Professora Sem Classe)

bad-teacher

Ela pode não ter cometido atrocidades como alguns dos outros integrantes dessa infame lista, mas pelo menos algo pode se dizer dos outros quatro que não podemos dizer de Elizabeth Halsey: eles se importam com sua profissão. Essa atraente professora não dá a mínima para sua turma, dorme durante a aula, usa filmes sempre que pode para evitar lecionar e, quando finalmente mostra interesse em ensinar, ela o faz apenas para ganhar um prêmio em dinheiro para colocar silicone nos seios e fisgar um bom partido. Eu poderia dizer ainda mais, mas acham que preciso?

4 – Pai Mei (Kill Bill vol. 2)

pai-mei

Apesar de ter se tornado popular com o lançamento de Kill Bill vol. 2, a figura do Pai Mei já é muito conhecida nos filmes de kung fu dos anos 70. Além de suas longas barbas e sobrancelhas brancas, esse mestre do kung fu é conhecido por suas duras técnicas de ensino. Para a protagonista Beatrix Kiddo, a vida foi ainda mais difícil, já que seu mestre tem desdém por mulheres e desprezo por americanos. Pai Mei leva seus alunos além de seu limite físico e não tolera sinais de fraqueza. Apesar de seus métodos terem mostrado resultado com Beatrix, a quem ele passa a respeitar, só um louco aceitaria a cruel tutela de Pai Mei.

3 – Kitano (Battle Royale)

kitano-battle-royale

Em um futuro distópico, um grupo de estudantes é levado pelo governo a uma ilha, onde encontram esse temido professor, que os força a se matarem até que sobre apenas um. Caso recusem ou resistam, um colar explosivo colocado em seus pescoços será ativado. Alguns professores ficariam horrorizados em comandar um ato tão cruel, mas Kitano não. De longe, ele é o mais sádico professor dessa lista. Basta dizer que ele chega a matar uma aluna que ousou cochichar durante a aula!

2 – Terence Fletcher (Whiplash – Em Busca da Perfeição)

whiplash-simmons

Perfeccionista é pouco para descrever esse cara. Esse professor de música é o pesadelo de qualquer aluno. Toque uma só nota errado e você corre o risco de ser acertado na cabeça com uma cadeira. Terence é um apaixonado pela música e tem conhecimento de sobra do assunto, mas é um homem explosivo que não tem medo de humilhar ou até agredir seus alunos para alcançar a perfeição.

1 – Dolores Umbridge (Harry Potter e a Ordem da Fênix)

dolores_umbridge

Apesar de seu exterior meigo e cor-de-rosa, essa bruxa é uma mulher fria e faminta por poder. Ao ser colocada como Professora de Defesa Contra as Artes das Trevas por ordem do Ministério da Magia, a boa e velha Hogwarts passa por um de seus anos mais difíceis, principalmente quando ela se torna diretora da escola após a fuga de Dumbledore. Para pôr ordem na casa, ela faz uso de Dementadores e da maldição cruciatus, apesar de saber que seu uso é ilegal. Dolores até mesmo chega a dizer em voz alta que odeia crianças! Que bela professora, hein?

 

MELHORES

5 – Dewey Finn (Escola do Rock)

dewey-finn

Ir para a escola e aprender rock todos os dias? Quem não gostaria disso? Depois de ser expulso de sua banda, Dewey finge ser um professor em uma escola conservadora. Tudo isso pode parecer um desastre anunciado, mas quando começa a ensinar sua turma sobre rock, Dewey mostra que nasceu para a profissão e vai um pouco mais além ao ensinar seus alunos a confiarem em si mesmos e a perseguir seus sonhos.

4 – Jennifer Honey (Matilda)

miss-honey-matilda

Apesar de ter uma família nada amorosa e de testemunhar os horrores provocados pela diretora Trunchbull, Matilda sempre pôde buscar refúgio com a querida Srta. Honey, que encoraja seus alunos a serem as melhores versões de si mesmos. Ao perceber a genialidade de Matilda, a professora busca oferecer à menina todo o apoio que ela não encontra em casa, e no fim, acaba adotando Matilda e tornando-se a nova diretora da escola. Doce, meiga e compreensiva. A receita de uma professora vinda de um sonho.

3 – Professor Xavier (saga X-Men)

xavier-x-men

Com uma gorda conta bancária e o poder de ler e controlar mentes, Charles Xavier poderia ter feito qualquer coisa que quisesse, mas escolheu fazer de sua mansão um santuário para acolher jovens mutantes assustados com seus poderes e com um mundo que continuamente os taxa como ameaça. Além de ser um dos personagens mais inteligentes do universo Marvel- sendo doutor em Genética, Biofísica e Psicologia – ele está sempre ensinando seus alunos a buscar a autoaceitação e trazer paz entre mutantes e humanos.

2 – Yoda (saga Star Wars)

yoda

“Faça ou não faça. Tentar não existe”. Há tantas frases que eu poderia citar deste grande Mestre Jedi. Desde a primeira vez que o vemos em O Império Contra-Ataca ele já nos apresenta uma importante lição: nunca julgue um livro pela capa. Apesar de sua aparência, Yoda é um grande sábio e um dos mais poderosos Jedis do universo. Com sua ajuda, Luke Skywalker aprende a fazer da Força sua aliada e a superar o medo de sucumbir ao lado sombrio como seu pai, Darth Vader.

1 – John Keating (Sociedade dos Poetas Mortos)

robin-williams-keating

“Ó Capitão, meu capitão”. Pode tirar um segundinho para chorar de saudades do querido Robin Williams. Em uma escola conservadora e conformista, a chegada de alguém como John Keating bate como um furacão. Esse professor de literatura é apaixonado e inovador, buscando sempre novas formas para fazer com que seus alunos enxerguem a poesia além das páginas dos livros e abracem cada segundo da vida. “Carpe diem. Aproveitem o dia, meninos”. Mas acima de tudo, Keating encoraja a sua turma a correr atrás de seus sonhos e ir além do que a sociedade ou suas famílias planejam para eles.

Que outros professores você colocaria na lista?

Anuncie no Cinemaginando
Anuncie no Cinemaginando
Anuncie no Cinemaginando