Inicio Gênero Ação ESPECIAL: DEZ ADAPTAÇÕES DE GAMES QUE VEREMOS NO FUTURO

ESPECIAL: DEZ ADAPTAÇÕES DE GAMES QUE VEREMOS NO FUTURO

Será que uma delas quebrará a maldição?

291
0
COMPARTILHE

Por mais que Hollywood continue insistindo, ainda estamos para ver o dia em que uma adaptação de videogame será bem recebida criticamente e seja um sucesso de bilheteria. Ainda esse ano tivemos a estreia do reboot de Tomb Raider, que encontrou críticas mistas e não fez grande impacto nas bilheterias, mantendo a maldição das adaptações de games bem viva.

No entanto, nessa quinta-feira surge mais um candidato a quebrar essa maldição na forma de Rampage – Destruição Total, que tem ninguém menos que Dwayne Johnson no papel principal. Será que finalmente teremos uma adaptação bem-sucedida? Isso só o tempo dirá, no entanto, muitos projetos baseados em games continuam em desenvolvimento. Reunimos aqui dez das adaptações mais avançadas, seja para cinema ou TV. O que o gênero promete para o futuro? Vamos conferir abaixo:

Uncharted

Na trama do jogo, Nathan Drake é o renomado explorador que acredita ser descendente de Sir Francis Drake, marinheiro inglês que virou herói para a Grã-Bretanha, mas era considerado um pirata por vários outros países. Após encontrar uma pista no caixão do antigo navegante, Nathan inicia uma exploração para encontrar o lendário tesouro de El Dourado e saber mais detalhes da vida do seu suposto antepassado.

Eis uma adaptação que já está no limbo há anos. Diretores entraram e saíram e atores como Mark Wahlberg (Transformers 5) e Chris Pratt (Guardiões da Galáxia 2) já foram considerados para o papel de Nathan Drake. No entanto, a Sony optou por uma nova estratégia ao colocar Tom Holland (Homem-Aranha: De Volta ao Lar) como uma versão mais jovem de Nathan Drake, explorando as origens do personagem. Shawn Levy (Gigantes de Aço) dirige e a última versão do roteiro é de Joe Carnahan (Esquadrão Classe A). A data de estreia ainda não foi definida, e com Holland ocupado em Homem-Aranha 2 e Chaos Walking, as filmagens não começarão antes de 2019.

Sonic

Criado pela SEGA em 1991, Sonic é um ouriço azul super veloz que tem por objetivo principal salvar outros animais do Dr. Eggman (também conhecido como Dr. Robotnik), que os transforma em robôs que trabalham para ele como escravos.

O diretor Tim Miller (Deadpool), produtor do filme, trouxe o estreante Jeff Fowler para comandar o longa. Os dois trabalharam juntos na Blur Studios, produtora de Miller especializada em efeitos visuais, animação e design. O filme do Sonic deve combinar computação gráfica com live-action. O estúdio ainda não revelou a data de estreia, mas o lançamento está previsto para 2019.

The Witcher

Lançado em 2007 pela, The Witcher acompanha Geralt de Rívia, um dos últimos bruxos restantes na Terra. Ele é um destemido andarilho e caçador de monstros, dotado de capacidades físicas sobrenaturais.

À principio, um filme baseado no game estava sendo desenvolvido e o diretor polonês Tomek Baginski chegou a ser confirmado na direção. No entanto, a Netflix tomou conta do projeto, que agora será transformado numa série de TV. Ela será baseada em histórias e novelas de Andrzej Sapkowski, das quais há oito, que ajudaram a formular os games da saga Witcher. O próprio Sapkowski servirá como consultor criativo da série. A produção é de Sean Daniel (A Múmia) e Jason Brown (da série The Expanse). Ainda não há data de lançamento.

Street Fighter

Quem poderia esquecer da adaptação em live-action estrelada por Jean-Claude Van Damme e Raul Julia nos anos 90? Por mais que alguns até consigam se divertir com o longa, não há como refutar que ele foi um fracasso monumental. Mas se não deu certo nas telonas, quem sabe encontre redenção nas telinhas? A Entertainment One e o produtor Mark Gordon já firmaram uma parceria para transformar o game em uma série de TV, ainda sem previsão de lançamento.

Joey Ansah, Jacqueline Quella e Mark Wooding, equipe por trás da web série em live-action Street Fighter: Assassin’s Fist, serão os produtores executivos. A trama da série deve se basear no game Street Fighter II: The World Warrior, de 1991, que tem como protagonistas os lutadores Ryu, Ken, Guile e Chun-Li. Juntos, eles lutam para derrubar M. Bison, o gênio do mal por trás da Shadaloo, uma organização criminosa global. Embora em jornadas diferentes, os caminhos dos heróis se cruzarão quando forem atraídos para o World Warrior Tournament, uma competição planejada por M. Bison para encontrar o lutador mais poderoso e capaz do mundo.

Dungeons & Dragons

Eis um caso que realmente precisa encontrar redenção. Uma adaptação de Dungeons & Dragons já foi lançada nos cinemas em 2000 com Justin Whalin (da série Lois & Clark – As Novas Aventuras do Superman), Marlon Wayans (50 Tons de Preto) e Jeremy Irons (Liga da Justiça) no elenco. O filme foi um enorme fracasso de crítica e bilheteria e é um verdadeiro clássico da vergonha alheia.

Muitos no Brasil estão familiarizados com o título graças à popular série animada Caverna do Dragão, no entanto, o novo filme deve usar os games como base. Chris McKay (LEGO Batman: O Filme) está em negociações para dirigir e Michael Gillio (Osso Bucco) escreve o roteiro em cima do rascunho de David Leslie Johnson (Fúria de Titãs 2). A data de lançamento não foi revelada.

Call of Duty

Lançado em 2003, a franquia Call of Duty já vendeu mais de 250 milhões de cópias em todo o mundo. Apesar de ter começado com games ambientados na Segunda Guerra Mundial, outras edições já mostraram a Guerra Fria, Guerra do Vietnã, tempos modernos e até mesmo conflitos futuristas.

Stefano Sollima (do inédito Sicario 2) negocia a direção do filme, que pode ser o primeiro de um universo cinematográfico da franquia. A ideia dos produtores, inspirados no sucesso da Marvel Studios, é adaptar os diferentes games em vários filmes e séries de TV. No entanto, eles não devem servir como adaptação direta dos respectivos games.

Duke Nukem

Lançado em 1991 pela Apogee Software, o game acompanha Duke Nukem, um herói contratado pela CIA para deter o Dr. Proton, um louco determinado a dominar o mundo com seu exército de Techbots.

A produção do filme já se desenrola por quase vinte anos, quando o produtor Lawrence Kasanoff (Mortal Kombat) encabeçou o projeto, mas não conseguiu verba. Scott Faye, produtor do longa Max Payne, também tentou, mas ficou preso na pré-produção. Só agora a ideia de uma adaptação parece possível. O ex-lutador do WWE, John Cena (Não Vai Dar), foi confirmado no papel principal pelos produtores Andrew Form e Brad Fuller. O filme ainda não tem roteirista, diretor ou data de estreia, mas Form e Fuller já afirmaram que sua principal preocupação antes de começar a filmar é encontrar o tom certo para o filme.

Super Mario Bros

Criado pela Nintendo em 1985, Super Mario Bros entrou para o livro dos recordes como o videogame mais vendido de toda a história. Uma versão para cinema foi realizada em 1993 com Bob Hoskins e John Leguizamo, mas foi um enorme fracasso de crítica e bilheteria. Será que uma versão animada pode fazer a diferença?

A Illumination Entertainment, estúdio responsável pela franquia Meu Malvado Favorito, atualmente trabalha com a Nitendo na produção de um longa-metragem animado baseado no game. Shigeru Miyamoto, criador do personagem, atuará como um dos produtores. O longa ainda não tem diretor, roteirista ou data de lançamento confirmados.

Hitman

Criada pela IO Interactive, a franquia Hitman acompanha o Agente 47, um assassino profissional clonado que é considerado o melhor assassino do mundo. Apesar do grande sucesso da franquia de games, com oito jogos lançados desde 2000, o título não se mostrou à prova de balas quando se trata de adaptações para o cinema

O primeiro filme lançado em 2007 e estrelado por Timothy Olyphant, fez pouco menos de US$ 100 milhões em todo o mundo e obteve apenas 15% de aprovação no Rotten Tomatoes. O reboot de 2015, Hitman: Agente 47 – estrelado por Rupert Friend – se saiu ainda pior, conseguindo apenas US$ 82 milhões e obtendo abismais 9% de aprovação no Rotten Tomatoes.

Atualmente, uma nova adaptação em forma de série está sendo desenvolvida pelo Hulu com roteiro de ninguém menos que com roteiro de Derek Kolstad (De Volta ao Jogo). Será que teremos um Hitman à la John Wick?

Sleeping Dogs

Lançado em 2012 pela Square Enix, o game acompanha o policial Wei Shen, que se infiltra numa organização das Tríades chamada Sun On Yee. O jogo é conhecido por suas sequências de combate corpo-a-corpo, tiroteios e perseguições.

Apesar de Donnie Yen (Triplo X – Reativado) ter sido anunciado no papel principal há quase um ano, o projeto continua sem diretor ou roteirista. No entanto, para acalmar os ânimos dos fãs, Yen postou a seguinte mensagem em sua conta no Instagram: “De vez em quando coisas incríveis tomam um tempo para serem feitas. Sleeping Dogs está em andamento, vocês estão prontos pra isso?”

Que outras adaptações de videogames você gostaria de ver no futuro? Deixe nos comentários.

 

Anuncie no Cinemaginando
Anuncie no Cinemaginando
Anuncie no Cinemaginando