Inicio Gênero Comédia OSCAR 2018: DEZ FILMES PARA FICAR DE OLHO

OSCAR 2018: DEZ FILMES PARA FICAR DE OLHO

Quais filmes já estão no radar nessa temporada de premiações?

324
0
COMPARTILHE

A temporada das principais premiações do mundo do cinema se aproxima. Em breve conheceremos os indicados ao Globo de Ouro 2018, e com ele, os favoritos ao prêmio máximo do mundo do cinema: o Oscar. O ano está chegando ao fim e fica cada vez mais claro quais filmes devem figurar a lista de indicações do ano que vem. Pensando em vocês, cinéfilos de plantão, decidimos montar uma lista de dez filmes que prometem bastante para essa nova temporada de premiações e que vem figurando as listas de críticos do mundo todo como os melhores de 2017.

Dunkirk

Estreia: 21 de julho de 2017

Sinopse: Durante a Operação Dínamo e a Batalha de Dunkirk, ocorrida entre maio e junho de 1940, ocorre um forte bombardeio na cidade de Durkirk, onde cerca de trezentos e quarenta mil soldados aliados foram evacuados ao longo de oito dias.

É muito provável que esse eletrizante drama de guerra receba uma indicação de Melhor Filme, Direção para Christopher Nolan e trilha sonora para Hans Zimmer, além de indicações técnicas – principalmente em termos de som e edição de som.

Artista do Desastre

Estreia: 25 de janeiro de 2018

Sinopse: Lançado em 2003, The Room virou um fenômeno cult e passou a ser considerado um dos piores filmes de todos os tempos. James Franco interpreta o diretor, produtor, roteirista e protagonista de The Room, Tommy Wiseau, e Dave Franco vive seu coadjuvante, Greg Sestero, que escreveu o livro The Disaster Artist, sobre os problemas nos bastidores.

Sem dúvidas, a indicação mais fácil para essa comédia dramática será para James Franco por sua interpretação como Tommy Wiseau, que vem sendo aplaudida pela crítica. Outras possibilidades são indicações de Melhor Filme e Melhor Roteiro Adaptado para a dupla Michael H. Weber e Scott Neustadter.

A Forma da Água

Estreia: 11 de janeiro de 2018

Sinopse: No escondido laboratório de alta segurança do governo onde trabalha, a solitária Elisa (Sally Hawkins) está presa em uma vida de silêncio e isolamento. A vida de Elisa é mudada para sempre quando ela e sua colega de trabalho Zelda (Octavia Spencer) descobrem um experimento secreto.

Esse sem dúvida será um dos grandes nomes do Oscar 2018. Além de indicações a Melhor Filme e Diretor para Guillermo Del Toro, é muito possível que Sally Hawkins consiga uma indicação de Melhor Atriz. As categorias técnicas também prometem ser dominadas pelo longa, incluindo fotografia, figurino e especialmente maquiagem, pelo trabalho feito para transformar Doug Jones na criatura do longa.

Me Chame Pelo Seu Nome

Estreia: 18 de janeiro de 2018

Sinopse: Na trama, um jovem de 17 anos, chamado Elio (Timothée Chalamet), morando na Itália durante a década de 1980, conhece Oliver (Armie Hammer), um acadêmico de 24 anos que veio para ficar na casa de seus pais, e um relacionamento apaixonado se desenvolve entre eles.

O drama, produzido pelo brasileiro Rodrigo Teixeira (O Cheiro do Ralo), foi eleito o melhor filme do ano pela Associação de críticos de Los Angeles e possui uma das maiores porcentagens e notas do ano no Rotten Tomatoes. Timothée Chalamet, de 21 anos, pode receber uma indicação de Melhor Ator por sua performance e Armie Hammer pode conseguir sua primeira indicação na categoria Melhor Ator Coadjuvante. O longa também é um grande concorrente nas categorias Melhor Filme, Diretor (Luca Guadagnino) e Roteiro Adaptado.

O Destino de uma Nação

Estreia: 11 de janeiro de 2018

Sinopse: Ao ver as Forças Nazistas percorrendo toda a Europa Ocidental, uma ameaça de invasão eminente a uma população despreparada, um rei cético (Ben Mendelsohn) e um partido que conspira contra seu líder, Churchill (Gary Oldman) estará dividido entre negociar um tratado de paz com a Alemanha Nazista e firmar a luta pelos ideais em prol da liberdade de uma nação.

Será que é dessa vez que Gary Oldman finalmente leva um Oscar? É bem provável. Sua performance como o ex-primeiro-ministro Winston Churchill tem sido uma das mais elogiadas do ano, e uma indicação a Melhor Ator é praticamente garantida. Nas categorias principais, a disputa está muito acirrada, mas é possível que o drama consiga uma indicação a Melhor Filme. Nas categorias técnicas, o longa deve ser reconhecido em Design de Produção, Maquiagem e Figurino, entre outros.

Three Billboards Outside Ebbing, Missouri

Estreia: sem previsão

Sinopse: Depois que meses se passaram sem um culpado no caso de assassinato de sua filha, Mildred Hayes (Frances McDormand) faz uma jogada ousada, comissionando três outdoors com uma mensagem controversa dirigida a William Willoughby (Woody Harrelson), o venerado chefe de polícia da cidade. Quando seu segundo oficial Dixon (Sam Rockwell), um homem imaturo com uma inclinação para a violência, se envolve, a batalha entre a aplicação da lei de Mildred e Ebbing escala.

Talvez esse seja um dos filmes com maior possibilidades de obter múltiplas indicações nas categorias de atuação. Frances McDormand se tornou uma das favoritas ao prêmio de Melhor Atriz e tanto Woody Harrelson quanto Sam Rockwell podem entrar na disputa por Melhor Ator Coadjuvante. O drama também deve conseguir uma indicação a Melhor Filme e Roteiro Original. Por mais que a disputa esteja concorrida na categoria Melhor Diretor, não elimine as chances de Martin McDonagh por seu trabalho aqui.

Projeto Flórida

Estreia: 8 de fevereiro de 2018

Sinopse: Com a chegada do verão em Orlando, um mundo de aventura e repleto de possibilidades se abre para um grupo de crianças, liderado por uma menina (Brooklynn Prince) de apenas seis anos. Enquanto eles vivem as maravilhas da infância, os adultos ao seu redor lidam com tempos difíceis.

Sem dúvidas, a maior chance de vitória para esse drama está com Willem Dafoe, cuja performance foi considerada uma das melhores do ano pela Associação de Críticos de Los Angeles, deixando-o quase garantido a uma indicação a Melhor Ator Coadjuvante. O longa também pode ser indicado a Melhor Filme e Melhor Roteiro Original.

The Post: Guerra Secreta

Estreia: 25 de janeiro de 2018

Sinopse: A trama do filme gira em torno de um vazamento de documentos secretos do Pentágono ocorrido em 1971, onde descobriu-se que o então Presidente Nixon havia secretamente intensificado a Guerra do Vietnã. Para fugir de uma ordem de restrição imposta pela justiça, o New York Times se uniu ao Washington Post para escrever uma série de matérias reveladoras.

Eleito o melhor filme do ano pelo National Board of Review, não há dúvidas que o novo trabalho de Steven Spielberg será indicado a Melhor Filme. O NBR também premiou as performances de Tom Hanks e Meryl Streep, colocando-os no radar para as categorias Melhor Ator e Atriz. O longa também tem grandes chances nas categorias Melhor Diretor, Roteiro Original, Figurino, Design de Produção, Trilha Sonora, entre outras premiações técnicas.

Corra!

Estreia: 18 de maio de 2017

Sinopse: A história acompanha um final de semana na vida de Chris (Daniel Kaluuya), um jovem afro-americano que visita a propriedade da familia de sua namorada (Allison Williams). A princípio, Chris vê o comportamento exageradamente hospitaleiro da família como uma tentativa desajeitada de lidar com a relação interracial da filha, mas, no decorrer do final de semana, uma série de descobertas perturbadoras o levam a uma verdade que ele nunca poderia imaginar.

Com certeza, o filme de estreia de Jordan Peele (da série Key & Peele) na direção foi uma das maiores surpresas e sucessos do ano. Além de ter se tornado um possível candidato ao Oscar de Melhor Filme, o suspense também pode arrebatar uma indicação a Melhor Roteiro Original. Por mais que os indicados a Melhor Ator pareçam garantidos, Daniel Kaluuya ainda é visto como um nome a ser considerado.

Lady Bird: A Hora de Voar

Estreia: 5 de abril de 2018

Sinopse: Christine “Lady Bird” McPherson (Saoirse Ronan) resiste, mas é exatamente como sua mãe extremamente amorosa, profundamente opinativa e de forte opinião (Laurie Metcalf), uma enfermeira que trabalha incansavelmente para manter sua família unida depois que o pai de Lady Bird (Tracy Letts) perde seu emprego. Situado em Sacramento, Califórnia, em 2002, em meio a uma paisagem econômica americana em rápida mudança, Lady Bird é um olhar sobre as relações que nos moldam, as crenças que nos definem e a beleza inigualável de um lugar chamado lar.

Eleito o melhor filme do ano pela Associação de críticos de Nova York, o longa entrou para a história por tomar um recorde que pertencia a Toy Story 2 e obteve a maior pontuação da história no Rotten Tomatoes, site que reúne as críticas mundiais. Saoirse Ronan deve conseguir uma nova indicação como Melhor Atriz e Greta Gerwig (Frances Ha) – que faz sua estreia na direção – pode conseguir uma indicação a Melhor Diretor. O longa também é um favorito nas categorias Melhor Filme, Roteiro Original e Melhor Atriz Coadjuvante para Laurie Metcalf (da série The Big Bang Theory).

 

Quais são suas apostas para o Oscar 2018? Deixe nos comentários.

Anuncie no Cinemaginando
Anuncie no Cinemaginando
Anuncie no Cinemaginando

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here