Inicio Destaque CINEMAGINANDO INDICA: FILMES PARA O DIA DAS BRUXAS

CINEMAGINANDO INDICA: FILMES PARA O DIA DAS BRUXAS

Nossa equipe compartilha os filmes mais traumatizantes de suas vidas.

84
0
COMPARTILHE

E eis que chegamos ao dia 31 de outubro. O famoso Dia das Bruxas. Como qualquer cinéfilo, somos do tipo que aprecia um bom filme de terror para celebrar a data. Com isso em mente, a equipe do Cinemaginando resolveu reviver velhos traumas e compartilhar com vocês alguns dos filmes mais assustadores que já tivemos o prazer(?) de conferir. Nossas escolhas não se baseiam apenas no que achamos do filme como obras cinematográficas, mas também no impacto deixado por elas em nós ao longo dos anos.

Antes de qualquer coisa, vale confessar que tivemos que sortear quem poderia falar sobre O Exorcista, um filme que parece ter traumatizado boa parte da equipe. Portanto, comecemos pelo “sortudo” que teve a honra de falar sobre esse clássico:

ESCOLHA DO THIAGO

O Exorcista

O Exorcista não só é um dos meus filmes favoritos como para mim é o melhor filme de terror já feito. Diferente da maioria das obras desse gênero, ele não se baseia em sustos, mas sim em provocar sensações incômodas e imagens perturbadoras. Por isso, o medo que continua mesmo após a projeção. A atmosfera macabra, a excelente maquiagem, a implacável direção de William Friedkin e o elenco convincente dão realismo à história e imergem o expectador no clima soturno que instaura. Assisti a este filme no começo da adolescência e, num mix de encantamento e repugnância, é o único filme que realmente me meteu medo na vida.

RECOMENDAÇÃO DA CAMILA

A Morte do Demônio

Se eu pudesse descrever esse filme em apenas um palavra ela seria a seguinte: perturbador! Lançado em 2013, A Morte do Demônio é um remake de Evil Dead, clássico do horror responsável por lançar a carreira do diretor Sam Raimi e do ator Bruce Campbell nos anos 80. No entanto, ao contrário do tom mais humorado que as sequências dessa franquia adotaram nos anos seguintes, o remake é macabro, assustador e muito (muito!) violento. Até hoje, ouso dizer que nunca vi tanto sangue em um único filme. Mas o fator gore não é a única coisa que me faz recomendar esse longa para o dia das bruxas. Jane Levy está brilhante no papel principal e o filme também marcou meu primeiro contato com o diretor Fede Alvarez, que mostrou ter talento nato para orquestrar cenas do gênero, algo que ele voltaria a mostrar em O Homem nas Trevas. Prepare seu estômago! Esse não é para o fracos!

ESCOLHA DO GIL

Terror em Silent Hill

Baseado na série de jogos Silent Hill, da Konami, a trama segue Rose, uma mulher em busca de sua filha adotiva perdida dentro dos confins de uma cidade estranha e desolada chamada Silent Hill. Dizem por ai que não há boas adaptação de video game, mas em 2006 foi lançado Terror em Silent Hill. Não é um grande filme, mas agradou a maior parte dos fãs dos jogos, além de nos introduzir à pequena Jodelle Ferland (da série Dark Matter). Assisti ao título pela primeira vez quando chegou na locadora. Eu era jovem e só depois de muito anos o reassisti, mas com algo especial a mais. Era noite e pouco depois do longa terminar houve uma queda de energia, então eu tive que ir dormir com aquele sentimento triste do final do filme.

ESCOLHA DO DANILO

Brinquedo Assassino

Podem me chamar de medroso, mas quem não se assustaria com um brinquedo que resolvesse criar vida, e pior, se esse brinquedo fosse Chuck, um boneco possuído por um terrível assassino. Lembro na primeira vez que vi algo sobre o filme passava uma matéria sobre brinquedos que matavam, mas não era o brinquedo, e sim os componentes como chumbo que eram colocados na tinta. Contudo, o Fantástico resolveu colocar Chucky de exemplo, e para uma criança medrosa, mostraram muitas cenas que eu preferiria não ter visto. Isso ficou na minha cabeça e causou grandes medo, pois ninguém quer que seu boneco favorito se levante crie vida e saia matando todo mundo e colocando a culpa em você. Devo dizer que não é um filme cômico e os efeitos não são muito bons, mas com mais duas novas produções chegando em breve, parece que o culto a Chuck apenas começando.

RECOMENDAÇÃO DA LARISSA

Mama

Lançado em 2013, Mama é um filme que envolve terror em família, duas meninas foram encontradas em uma cabana abandonada no meio do nada e resgatadas para viver com seu tio depois de anos de desaparecidas. Um psiquiatra as estudou por conta do comportamento selvagem que tinham. Todos se perguntavam como as duas sobreviveram a todos esses anos, o que eles não imaginavam é que elas não estavam sozinhas. MAMA faz ligação ao espírito da mãe das meninas que permanecia ao lado delas para onde iam as protegendo, porém em diversas cenas não podemos distinguir o que MAMA realmente quer, se é sua proteção ou sua morte. O filme é repleto de cenas tensas por conta do drama familiar, e das crianças. Há também um suspense em relação ao rosto da MAMA que não podemos ver e dos personagens que não se mostravam ser quem parecia. O que me impactava era o modo que o espírito as perseguia, e com os focos de repente dela na tela as cenas de tensão e de medo são ainda maiores, além da sua filha que falava com a mãe morta. Um filme que vai envolver, angustiar, e assustar há quem assistir, além de ter um final surpreendente.

E você? Qual foi o filme mais assustador que você assistiu na vida? Deixe sua dica nos comentários.

Anuncie no Cinemaginando
Anuncie no Cinemaginando
Anuncie no Cinemaginando

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here